Comportamento

Empoderamento através da moda

19:23


Nos últimos meses você certamente viu matérias falando sobre campanhas para liberar o shortinho, mulheres recatadas e do lar e muitas outras situações machistas que, querendo ou não, tem sim uma grande relação com a moda.

Há decádas a moda tem sido usada como ferramenta de resistência aos padrões e um belo exemplo foi a minissaia nos 60, que mostrou que mulheres podem sim mostrar as pernas e não tem nada de errado nisso. A moda nos da voz, poder e pode ser nossa melhor aliada na hora de lutar, seja pela quebra dos padrões de beleza, contra o discurso machista ou tudo aquilo que acharmos que não está certo. Moda é democracia, opinião e expressão.

As tendências existem e muitas vezes são pensadas mais como forma de revolução e expressão do que um simples hit para vestir. Cabe a nós percebermos e entendermos que moda não é algo para separar classes, gordas e magras, recatadas e assanhadas. A moda está aí para nos ajudar a formar uma identidade, para usarmos o que der vontade, o que nos faz sentir lindas e confortáveis. Portanto, use o que te faz bem. Empodere-se, permita-se ousar, ou não ousar se isso te fizer sentir dona do próprio mundo. 

Eu sei que infelizmente ainda temos uma sociedade que pensa que mulher de saia curta não merece respeito. Sei que ainda vivemos em um mundo onde as mulheres precisam protestar para usar o que quiserem. Mas também sei sobre a parte boa, que é justamente o fato de que não nos cansamos nunca, e de que não somos obrigadas a aceitar nada que não nos faça sentir no mínimo, maravilhosas. Então garotas, vamos usar mini saia, decotão, batom vermelho e se reclamarem vamos usar tudo ao mesmo tempo.  Adivinhe, ninguém tem o direito de dizer que isto está errado e de que não merecemos respeito. O que usamos não determina nosso valor, nosso caráter e nem nosso lugar na sociedade. 

Esqueça os padrões, as regras, o que as revistas pregam e os comentários machistas. Acorde pensando em vestir o que te inspira, o que te deixa poderosa e acima de tudo, o que te liberta.



Você pode gostar disso

0 comentários

Obrigada pela visita!

Sinta-se em casa e se gostar do post, não esqueça de comentar.

Beijos!

Último vídeo

Assista também: