Comportamento

Sustentabilidade na sua casa é mais fácil do que se imagina

03:11

Quando se fala em sustentabilidade, parece um clichê ou algo muito, muito chato. É fato que precisamos aprender a colaborar com a natureza. Não é preciso ser um especialista na área para saber disso. Mas, na prática, muitos acham difícil ou trabalhoso. Eu descobri há muito tempo que não é!


Na Unijuí, onde eu estudo Jornalismo, todos os acadêmicos, independente do curso, precisam passar pela disciplina de ''Tecnologia e Meio Ambiente". Eu achava que seria chato, mas aquelas aulas mudaram a minha forma de ver o mundo. (Abraço para o prof João).

Eu descobri que dá pra fazer a sua parte, sem ser radical, de uma maneira muito prática. Ser sustentável também tem tudo a ver com desapego, tema que já escrevi aqui esses dias. Não há razão para acumular coisas que não vamos usar. Ou pior, comprar aquilo que não precisamos. 

Não aprendi exatamente isso nas aulas, mas elas foram essenciais para eu observar que tipo de comportamento eu poderia ter em relação à isso.

 Vamos aos exemplos! 

- Troque as mil sacolas de plástico por uma bolsa de pano ou TNT fashion - Eu quase nunca vou ao mercado, mas quando vou, levo uma sacola linda de cor laranja. Sempre dispenso o uso daquelas sacolas de plástico que só incomodam em casa.

Viu, dá pra ser estilosa e sustentável!  -Sim, a foto tá péssima, sorry. 


Aqui em São Luiz são raras as pessoas que fazem isso, mas acredito que a tendência é aumentar. Em grandes centros já é uma prática rotineira.

- Troque os mil copos plásticos por uma garrafinha ou copo de outro material - Eu não saio de casa sem uma garrafa de água. Tomo no trabalho, na aula, na rua, onde for. Assim, não gasto vários copinhos de plástico. Encho a garrafa e deu! O mesmo vale para o café, meu vício. Tenho copos e xícaras bem bonitas que são estilosas. (Depois posto foto deles)

- Aqueles comprovantes de cartão? desnecessários! Nos lugares que sempre frequento, já sabem:não precisa da segunda via do cartão. Claro, há quem guarde tudo aquilo, mas prefiro olhar pelo aplicativo do celular do que acumular lixo na bolsa.

- Sobre jogar o lixo na lixeira, não deixar a água escorrendo e tal não precisamos comentar, não é?!

Quando isso se tornar um hábito, vai ver que é fácil. Não aqui ser uma 'ecochata', só penso que esse tema é legal e pode ser ampliado, em especial em São Luiz. Espero que tenham gostado e que as dicas sejam úteis! 
Até semana que vem! Qualquer coisa, me escrevam! 




Você pode gostar disso

0 comentários

Obrigada pela visita!

Sinta-se em casa e se gostar do post, não esqueça de comentar.

Beijos!

Último vídeo

Assista também: