Cinema

[Filme] Homens, Mulheres & Filhos

13:00

Título Original: Men, Women & Children
Lançamento: 04 de Dezembro de 2014
Direção: Jason Reitman
Duração: 119 minutos
Gênero: Comédia Dramática

Nesta trama, baseada no livro homônimo do Chad Kultgen iremos acompanhar várias histórias paralelas. Um adolescente (Ansel Elgort) que foi abandonado pela mãe e agora vive apenas com o pai, desistiu de jogar futebol e só pensa em jogos de RGP; Um casal (Adam Sandler e Rosemarie DeWitt) que estão passando por uma crise no casamento e encontram na internet outras pessoas com que se relacionar; Uma mãe (Jennifer Garner) paranoica com a internet e que fiscaliza tudo o que sua filha faz online; Uma garota (Elena Kampouris) que acaba, sobre pressão das colegas, a se tornar bulímica; e uma outra mãe (Judy Greer) que cria um site para divulgar fotos de sua filha, que pretende um dia virar atriz, mas que acaba expondo-a demais.


A trama foca bastante no quesito internet, e no quão dependente e vítima dela acabamos nos tornando. Trata também de outros problemas comuns sociais, tais como traição, distúrbios alimentares, pornografia, excesso de exposição pessoal e também o excesso de vigilância por parte dos pais.


O elenco todo trabalhou bem demais, fazendo com que a trama ficasse ótima. Atores já conhecidos por nós de anos, outros que acabaram de iniciar nesta carreira… uma mistura que deu certo. A trama se desenvolve bem, fazendo com que quem assiste fique vidrado. Apesar dos vários problemas que a trama trás, não se torna um filme cansativo, mas sim, prende totalmente a nossa atenção. O filme deixa todos aqueles problemas sitados lá no começo da minha resenha muito claro. Não é nada que nós, que utilizamos tecnologias no nosso dia a dia, nunca tenhamos parado para pensar. São coisas óbvias, mas mostradas de pontos de vista que nos fazem pensar muito a respeito, até mesmo se estamos utilizando essas ferramentas da maneira certa.



O filme não tem aquele “grand finale” de nos emocionar ao extremo nem nada disso, mas aos poucos os personagens vão percebendo seus erros, tentando concerta-los. É um filme bom, que não trás nada totalmente original, mas que mostra o clichê que uma forma interessante e proveitosa.

Você pode gostar disso

0 comentários

Obrigada pela visita!

Sinta-se em casa e se gostar do post, não esqueça de comentar.

Beijos!

Último vídeo

Assista também: