Livros

Resenha: Colin Fischer

00:30

Sinopse: Resolvendo o crime. Uma expressão facial por vez. O ano letivo de Colin Fischer acabou de começar. Ele tem cartões de memorização com expressões faciais legendadas, um desconcertante conhecimento sobre genética e cinema clássico e um caderno surrado e cheio de orelhas, que usa para registrar suas experiências com a muito interessante população local. Quando um revólver dispara na cantina, interrompendo a festinha de aniversário de uma das garotas, Colin é o único que pode investigar o caso. Está em suas mãos provar que não foi Wayne Connelly, justamente aquele que mais o atormenta, que trouxe a arma para a escola. Afinal de contas, a arma estava suja de glacê, e Wayne não estava com os dedos sujos de glacê…

Sabe aquele livro divertido e engraçado que te prende até você acabar de ler? Colin Fisher é assim. Um livro rápido e delicioso capaz de nos encantar e surpreender.

“A vida é um mistério. E o que poderia ser melhor do que isso?”

O que mais gostei no livro, foi a quantidade de curiosidades que os autores inseriram na história. Colin Fischer não é só um livro que nos diverte, mas que também ensina muito. Seja um fato aleatório relacionado a, por exemplo, tartarugas, ou algo sobre síndrome de Asperger, garanto que você terminará a leitura sabendo muito mais do que quando começou.

Outro ponto positivo é a riqueza do livro, tanto em assuntos quanto em criatividade. Os autores abordam  o bulling, violência doméstica, autismo, preconceitos e diversos outros temas. Sinceramente, acredito que este livro deveria ser leitura obrigatórias nas escolas, pois tem muito a acrescentar a todos, principalmente jovens em formação.

Os personagens são fantásticos e Colin é simplesmente encantador. Ele é inocente mas extremamente esperto e sagaz. É impossível não torcermos por ele. Grande parte do livro se passa em um ambiente escolar, por isso os autores criaram diversos personagens com todos os perfis possíveis de se encontrar nesse contexto. Tem o menino valentão, a menina inteligente, a galera do esporte, a menina popular, professores com personalidades diversas. Tanto a ambientação quanto a caracterização dos personagens foram muito bem feitas.

Um ponto negativo é a falta de final. Como o livro é super fininho, acredito que não seria necessário uma continuação, apenas algumas páginas a mais. 


Inteligente, espirituoso e encantador, Colin Fischer mistura mistérios, lições de vida e muita diversão em poucas páginas. Um livro para ler rapidinho e aprender algumas coisinhas sobre o mundo e sobre o quanto ser diferente é legal. Recomendo!


Título: Colin Fischer
Autores: Ashley Edward Miller e Zack Stenz
Editora: Novo Conceito
Páginas: 176

Você pode gostar disso

0 comentários

Obrigada pela visita!

Sinta-se em casa e se gostar do post, não esqueça de comentar.

Beijos!

Último vídeo

Assista também: