Galera Record

Resenha: Inferno

00:14

Sinopse: Nesta continuação do mito de Perséfone recriado por Meg Cabot, Pierce Oliviera está em um lugar entre o paraíso e o inferno. Um castelo turvo e mal iluminado, de onde pode ver os espíritos dos mortos, prontos para embarcar em sua viagem derradeira. Mas não está lá por escolha própria: John Hayden, senhor do Mundo Inferior, está lhe mantendo lá. Para seu próprio bem, ele diz: para protegê-la das Fúrias que desejam vingar-se dele. Mesmo que esteja lá, seus entes queridos não estão. E isso pode acabar custando caro para ambos. Mas John afirma que não pode deixá-la sair. Será que ela deveria confiar em sua palavra?

Inferno é a continuação de Abandono (Leia a resenha aqui), e segue com a história de Pierce e John e suas aventuras, ou desventuras, no mundo inferior. O primeiro livro foi legal, mas o segundo foi bem melhor e, acredite, o senhor dos mortos está de arrancar suspiros.

Gostei do primeiro livro, mas confesso que achei a continuação muito melhor. Em Inferno conhecemos melhor o personagem John, seu passado, por que ele se tornou senhor do mundo inferior, descobrimos como o submundo funciona e aprendemos mais sobre a mitologia de Perséfone. Pierce não é uma de minhas personagens favoritas, portanto o fato de que o enredo focou um pouco mais em John, me deixou muito satisfeita.

Pierce não é uma das melhores personagens da autora, mas também não é tão ruim. Claro que rola aquela coisa toda de adolescente teimando e fazendo tudo que não deveria fazer, principalmente em situações de risco. Mas ainda assim, a personagem é simpática, corajosa e engraçada. Em vários momentos me peguei rindo das brincadeiras e piadas de Pierce. 

Novos personagens surgem no enredo, que está mais repleto de ação e surpresas. Falando nisso, o que mais gosto nos livros da Meg Cabot, principalmente nos sobrenaturais, é o ritmo da leitura. A autora sabe como nos manter vidrados e curiosos a cada novo capítulo. São várias surpresas e reviravoltas ao longo do livro, e o final me deixou curiosa para ler o desfecho da trilogia.

Um ponto negativo foi o espaço de tempo muito grande entre a publicação dos livros. A autora não fez uma retomada resumida do primeiro livro, como alguns outros autores costumam fazer logos nas primeiras páginas. Por isso demorei para lembrar de algumas coisas do primeiro livro e fiquei um pouco perdida nas primeiras 50 páginas. 

Inferno é o tipo de livro que não da vontade de largar. Adorei a combinação de mitologia grega com os dias atuais e toda essa mistura de Peséfone, Mundo inferior, Senhor dos Mortos, fúrias, Moiras, Piratas (Sim!) e adolescentes. Se você gosta de YAs cheios de mistérios, reviravoltas e bad boys apaixonantes, sem dúvidas vai amar essa série.


Título: Inferno
Autora: Meg Cabot
Editora: Galera Record

Páginas: 331

Você pode gostar disso

0 comentários

Obrigada pela visita!

Sinta-se em casa e se gostar do post, não esqueça de comentar.

Beijos!

Último vídeo

Assista também: