Malévola

13:00

Título Original: Maleficent
Lançamento: 29 de Maio de 2014
Direção: Robert Stromberg
Duração: 97 minutos
Gênero: Fantasia

Mais um reconto que chega aos cinemas. Aqui, a história da Bela Adormecida é vista com outros olhos e o foco não é a mocinha jovem e ingênua. Desde que as filmagens começaram, os comentários estavam a todo o vapor, e muita gente estava ansiosa para ver Angelina Jolie na pele da bela e malvada Malévola, com direito à pequena participação da filha a atriz, Vivienne, interpretando a personagem Aurora quando ainda era criança.


Nesta nova versão do famoso clássico, Malévola é a protetora do reino dos Moors, e que tenta manter a paz entre seu reino e o reino vizinho. Quando ainda era muito jovem, Malévola conheceu Stefan, um camponês, e logo se apaixonam perdidamente. Mas alguns anos depois, após os humanos tentarem acabar com o reino dos Moors, e Stefan, com sua ambição em virar príncipe, se vira contra Malévola e rouba dela não apenas o seu coração, mas outra parte de si muito valiosa. Malévola se torna uma pessoa cheia de ódio e revolta, bem diferente da amorosa pessoa que era antes.

Anos depois, mas ainda cheia de ódio e em busca de vingança, Malévola vê uma oportunidade em se vingar de Stefan quando nasce a primeira filha dele e da Rainha, sua agora esposa. Malévola lança uma maldição, aquela velha conhecida de todos: que a garota, aos 16 anos, se espetará e permanecerá em um sono eterno, e que somente com um beijo de seu verdadeiro amor, voltará a vida.


Angelina Jolie está de parabéns pela sua atuação. Adorei ela representando uma personagem mais sombria, fazendo jus ao papel que a personagem exigia. Fica meio difícil conseguir prestar atenção nos outros personagens quando Jolie está em cena, e por isso achei a atuação de Elle Fanning (Aurora) e Sharlto Copley (o príncipe Stefan), não tão boas assim, não achei que fizeram jus ao que os personagens precisavam e, aparentemente, não se esforçaram tanto para se sobressair à atuação de Jolie.



Já Robert Stromberg (mesmo diretor de Oz, Mágico e Poderoso, Jogos Vorazes e Alice no País das Maravilhas) mostra o quanto é bom em trabalhar com efeitos especiais e imagens computadorizadas. O mundo que ele cria é brilhante, e, apesar de não ter visto o filme em 3D, já valeu a pena de qualquer forma. 

Você pode gostar disso

0 comentários

Obrigada pela visita!

Sinta-se em casa e se gostar do post, não esqueça de comentar.

Beijos!

Último vídeo

Assista também: