Cinema

A Culpa é das Estrelas

13:00

Título Original: The Fault in Our Stars
Lançamento: 05 de Junho de 2014
Direção: Josh Boone
Duração: 127 minutos
Gênero: Drama

Não lembro quando foi a última vez que eu fiquei tão ansiosa para assistir um filme quanto fiquei para ver este. Eu estava enlouquecendo, sério. Assistia o trailer quase todos os dias e ficava em busca de outros videos ou noticias que falassem sobre o lançamento dele. O livro foi um dos melhores que já li. Claro, a história pode até ser bobinha, a primeira vista, mas o que me encantou na trama foi que, apesar de ambos os personagens, bem novos por sinal, sofrerem de uma doença tão grave, eles mesmo assim não perderem a graça. A forma como eles veem a vida e a própria doença não é tão deprimente assim, eles tentam curtir a vida, apesar dos pesares…Para quem acabou de chegar de algum planeta vizinho e ainda não sabe, o filme é baseado no livro escrito por John Green, com o mesmo nome.


Hazel foi diagnosticada com câncer de tireoide aos 13 anos, e se mantem viva por conta a ajuda de uns medicamentos experimentais. Seus pais, lógico, sofrem junto com ela, e por acreditarem que ela está entrando em depressão, forçam ela a participar de um grupo de apoio cristão, onde lá ela conhece Augustus, um jovem que também sofre de câncer e por causa disso teve que retirar uma perna, e Isaac, que sofre de um câncer muito raro, onde já teve que retirar um olho (que agora é de vidro) e logo terá que fazer outra cirurgia para retirar o outro olho, ficando assim totalmente cego. Isaac não liga muito não, pois ele tem uma namorada “gostosa”, como ele gosta de lembrar a todos.



Gus e Hazel logo se tornam amigos, não apenas por causa da doença que sofrem, mas também por verem que possuem visões diferentes para as próprias doenças: Ela se preocupa muito com a dor que causará as pessoas quando partir; já ele quer deixar sua própria marca no mundo, e não ser esquecido tão cedo.



Gostei da atuação de todo o elenco. Não teve nenhum personagem que me decepcionou. Achei a trama muito (muito mesmo!) fiel ao livro. Claro, é impossível ser totalmente fiel, mas neste aqui, nada de muito importante foi tirado, e toda a essência que eu acreditava ser importante para a trama enquanto lia o livro (lá pela 5° vez ;$) estava lá. Não gosto de fazer comparações entre livro/filme, mas acho que para este aqui é valido, pois John Green participou ativamente da produção do longa, e conseguiu deixar a trama do filme bem fiel ao que ele mesmo escreveu. O longa focou mais em mostrar o romance entre o casal principal, e não mostrar muito além do que estava a volta deles (como por exemplo a vida universitária de Hazel…).


Shailene Woodley e Ansel Elgort, apesar de ainda serem atores pouco conhecidos, atuaram incrivelmente bem, e eu não poderia ter imaginado um Gus e uma Hazel melhor! Os outros atores também me encantaram bastante. Até mesmo o chato do Peter Van Houten representado por Willem Dafoe, fez uma ótima atuação! O filme, independente de tudo, é um drama que emociona qualquer um. Até os com coração de pedra vão se emocionar, e pode ser que ele não te leve a lágrimas, mas com certeza você vai escutar muitas fungadas na sala de cinema, e ao sair de lá, verá muitos rostos inchados de tanto chorar. O filme é lindo, super emocionante e marcante. Recomendo a todos, e sim, já quero ir assistir novamente!! ;~~

Você pode gostar disso

0 comentários

Obrigada pela visita!

Sinta-se em casa e se gostar do post, não esqueça de comentar.

Beijos!

Último vídeo

Assista também: