Livros

Resenha: Fome de Loba

19:15



Sinopse: Elena Michaels é uma moça do século XXI: segura de si, profundamente inteligente e jogando segundo suas regras. Como toda mulher, ela tem seus segredos. Até aí, nada de extraordinário. O problema é que Elena é, de fato, extraordinária. Na realidade, talvez seja a mais extraordinária das mulheres vivas. Elena é a única mulher lobisomem do mundo... Dez anos atrás, o namorado de Elena, Clay, contra a vontade dela, transformou-a em lobisomem. Às vezes ela sente seu poder como uma dádiva. Outras, a maioria, como uma maldição. Há um ano, Elena resolveu dispensar a proteção do Bando - sua família lupina - para viver como humana. Agora, no entanto, um novo grupo de lobisomens, gente que não mostra respeito pelos velhos costumes e que mata indiscriminadamente, ameaça a respeitabilidade de Jeremy, o alfa dos lobisomens, por quem ela nutre enorme gratidão. Convocada para ajudar o Bando a desbaratar o perigoso esquema, Elena tem de usar todos os seus poderes para caçar e destruir o grupo de renegados antes que eles a destruam. Mas, será que, ao fazê-lo, não perderá inteiramente o seu lado humano? Esse é o momento de decidir onde está de fato a sua lealdade.

Nesse momento só consigo pensar em “Por que não li esse livro antes?”, já que ele está há alguns anos na minha estante e nem lembrava mais. Até que comecei a acompanhar a série “Bitten” (Leia mais sobre aqui) que descobri ter sido baseada nos livros de Kelley Armstrong, entre eles Fome de Loba, primeiro livro da série Women of the Otherworld e único publicado no Brasil.

Fome de Loba é o melhor livro de lobisomens que li nos últimos anos. Elena é uma protagonista inteligente e corajosa que nos conquista logo nas primeiras páginas. Clay é genial, romântico, dedicado, forte e muito perigoso. Ou seja, apaixonante. Ambos são o centro de uma trama repleta de reviravoltas e cenas  bem picantes.

O que mais gostei foi a mitologia criada pela autora. Nada de virar lobo a meia-noite de uma lua cheia e coisas do tipo. Os personagens tem a capacidade de se transformar a qualquer momento e costumam viver em bandos. Jeremy, o alfa do bando, é outro personagem marcante, afinal, não conhecemos muitos lobos intelectuais.

A narrativa é intensa e feita do ponto de vista de Elena. Em alguns momentos a autora se preocupou em coordenar a narrativa exatamente como os pensamentos de Elena, o que faz com que em momentos de tensão, possamos entender 100% o que se passa na mente da loba. Existem várias surpresas ao longo do caminho e o final nos deixa ansiosos pelo próximo livro.

Um ponto negativo é que a editora Rocco não publicou os outros livros da série que já passa de 12 volumes. Acredito que o livro, publicado em 2002, não tenha feito sucesso por anteceder a onda de romances sobrenaturais e por custar R$54. Quem sabe agora a editora resolva retomar a série, que sem dúvidas, fará muitos fãs.

“Fome de Loba” me conquistou e entrou para minha lista de livros favoritos. Se você gosta de um bom romance sobrenatural, cheio de ação e capaz de nos deixar sem fôlego, deve ler este livro.



Título: Fome de Loba
Autora: Kelley Armstrong
Editora: Rocco
Páginas: 391

Você pode gostar disso

2 comentários

  1. Aaaah! Tô louca pra ler esse livro, já amei a série e com certeza vou adorar o livro!
    Sorte sua que você já o tinha, porque está difícil de achara nas livrarias...

    ResponderExcluir
  2. estou lendo, parece ser bom, so pela resenha otima

    ResponderExcluir

Obrigada pela visita!

Sinta-se em casa e se gostar do post, não esqueça de comentar.

Beijos!

Último vídeo

Assista também: