Cinema

A Menina que Roubava Livros

10:33



Título Original: The Book Thief
Lançamento: 31 de Janeiro de 2014
Direção: Brian Percival
Duração: 131 minutos
Gênero: Drama


Depois de muito tempo da estréia nos EUA, A Menina que Roubava Livros chegou ao Brasil. Acredito que todos já estavam cansados de ouvir comentários positivos sobre o filme nas redes sociais, e ainda assim tivemos que esperar quase dois meses para ele chegar nos cinemas daqui. O que todos, com certeza, já sabem, mas que não custa nada dizer mais uma vez, é que o filme é a adaptação do livro de Marcus Zusak, e a Fox já tinha comprado os direitos para adaptação em 2006. Quaaaaanta espera para vê-lo no cinema…


A trama se passa durante a Segunda Guerra Mundial, e nela conhecemos a jovem Liesel, que foi abandonada pela mãe que era comunista, e que agora está vivendo com seus pais adotivos, Hans e Rosa, na Alemanha. Durante o enterro de seu irmão, Liesel rouba seu primeiro livro. O  Manual do Coveiro. Após seu pai, Hans, ensiná-la a ler, a garotinha passa a roubar livros para saciar sua vontade em ler, e quando que o casal fornece abrigo ao Max, um jovem judeu que está fugindo dos nazistas, Liesel passa a roubar estes livros para ler ao seu novo amigo, que só pode ficar trancado dentro do porão da casa.

A amizade entre Liesel e Rudy, seu vizinho e amigo de escola, não se mostrou tão “emocional”. Senti, no início, ser uma coisa meio forçada, sem graça. Mas depois ela vai tomando forma e nos encanta, por mostrar dois jovens, em meio a este cenário horrível de guerra, totalmente inocentes e despreocupados.



“A única coisa pior do que um menino que detesta a gente é um menino que ama a gente.”

O filme é narrado pela Morte, o que deu, tanto ao livro como ao filme, um ar muito diferente e deixando a trama muito mais interessante. Aqui no filme, a voz da Morte é de Roger Allam, e que no meu ponto de vista não fez jus ao papel. Roger possui uma voz muito carismática para um papel tão melancólico e sinistro.

Achei o filme bom, digno, e muito emocionante. Vale a pena assisti-lo, sendo você fã do livro ou sendo alguém que apenas ouviu a história e nunca leu a obra. E vale ressaltar que, por se tratar de uma adaptação, é compreensivel que nem tudo o que há na história do livro é retratado no filme, e é claro que aqui não é diferente.


Você pode gostar disso

3 comentários

  1. Oi Rayme!
    Estou louca para ver o filme!! Eu já li o livro e amei, chorei demais... Acho que vou esperar pra ver, tenho vergonha de chorar no cinema e sei que isso vai acontecer!

    Beijos,
    Sora - Meu Jardim de Livros

    ResponderExcluir
  2. Ahhhhhhhhhhhh todo mundo já viu esse filme, menos eu! Estou louca para assistir, mas ele nunca estreia nessa minha cidade roça! Mas é bom saber que o filme ficou bom!

    Bjs

    ResponderExcluir
  3. Oi Rayme!
    Ainda não li o livro, mas já ouvi falarem muito bem dessa obra... estou curiosa pra ver a adaptação, parece ter ficado boa!!
    Bjus,
    Paty Algayer - http://www.magicaliteraria.com/

    ResponderExcluir

Obrigada pela visita!

Sinta-se em casa e se gostar do post, não esqueça de comentar.

Beijos!

Último vídeo

Assista também: