Livros

Niki leu: Simplesmente Ana

13:13



Sinopse: Imagine que você descobre que seu pai é um rei. Isso mesmo, um rei de verdade em um país no sudeste da Europa. E o rei quer levá-la com ele para assumir seu verdadeiro lugar de herdeira e futura rainha… Foi o que aconteceu com Ana. Pega de surpresa pela informação de sua origem real, Ana agora vai ter que decidir entre ficar no Brasil ou mudar-se para Krósvia e viver em um país distante tendo como companhia somente o pai, os criados e o insuportável Alex. Mudar-se para Krósvia pode ser tentador — deve ser ótimo viver em um lugar como aquele e, quem sabe, vir a tornar-se rainha —, mas ela sabe que não pode contar com o pai o tempo todo, afinal ele é um rei bastante ocupado. E sabe também que Alex, o rapaz que é praticamente seu tutor em Krósvia, não fará nenhuma gentileza para que ela se sinta melhor naquele país estrangeiro. A não ser… A não ser que Alex não seja esta pessoa tão irascível e que príncipes encantados existam. Simplesmente Ana é assim: um livro divertido, capaz de nos fazer sonhar, mas que — ao mesmo tempo — nos lembra das provas que temos que passar para chegar à vida adulta. 


Leve, divertido, refrescante


Aquele livro que te faz sorrir e te envolve de um jeito tão sutil e meigo que de repente você já não consegue largar.


Quando eu já estava mais do que decepcionada com a literatura brasileira atual, aparece um livro como Simplesmente Ana e me faz acreditar novamente em livros nacionais.


Ana é uma mulher comum, que mora em Minas Gerais, faz faculdade de Direito e de um dia para o outro se “torna” uma princesa. A partir daí, Ana vai à Krósvia para conhecer melhor sua família e reino.


Agora, sabe aqueles dramas do tipo “uma princesa deve viver no castelo, ter o comportamento de um iceberg e se relacionar apenas com quem é considerado adequado”? Nesse livro, não tem isso. As pessoas de Krósvia são adoráveis - menos a nome de cachorro – e receptivas. Quase tudo dá certo, o local é lindo e os habitantes a amam, a exceção é Alex.


O charmoso enteado de seu pai, Alex, parece um tanto antipático e a vê como uma oportunista O mesmo Alex que convence o rei que sua filha precisa de um guia, que por sinal, poderia ser ele.


Os dois jovens passam seus dias juntos e, enquanto ele deixa de vê-la com desconfiança, ela começa a se apaixonar. Mas claro que não seria tão fácil. Ana se vê em uma posição complicada quando Alex tem uma namorada irritante e antipática, além do fato de que em breve ela voltará para a sua casa no Brasil.


Percebemos que Alex nutre algum sentimento por ela além da fachada, mas e se eles forem fraternais? O que o mundo pensaria da princesa se ela ficasse com o seu irmão postiço?


O livro parece ter sido inspirado no filme “O Diário da Princesa 2”, porém sem a parte do casamento. Mas as meninas orfãs, a armadilha do fotógrafo... Passamos a acompanhar a história de uma mulher como qualquer outra, que por acaso é uma princesa, que busca saber quem realmente é e aonde pertence.


Apesar dos Déja vu's, Simplesmente Ana me encantou rápido, com um conto de fadas moderno, uma princesa com quem podemos nos identificar e um “príncipe” que, apesar de tudo, é encantador.




Título: Simplesmente Ana

Autora: Marina Carvalho

Editora: Novo Conceito
Páginas: 301


Você pode gostar disso

5 comentários

  1. Oi Alessandra!
    A história me lembrou mesmo O Diário da Princesa, por isso não me interessei pelo livro... Parece ser a mesma coisa!

    Beijos,
    Sora - Meu Jardim de Livros

    ResponderExcluir
  2. Eu querooooo muuiiiiito ler esse livro parece ser bem legal mesmo, apesar de parecer ser um com O diário da princesa 2, pois eu amo demais esse filme. Adorei a sua resenha.

    Beijos
    http://www.partesdeumdiario.com/

    ResponderExcluir
  3. Também achei o livro leve e divertido, mas cheeeeio de 'furos', coisas bem mal explicadas na minha opinião, qdo resenhei ele lá no Blog até comentei alguns dos trechos onde creio que a autora se perdeu, mas de qualquer forma é um bom passatempo.

    Beijão, Van - Blog do Balaio
    balaiodelivros.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  4. Niiiiiki, se eu te contar que eu fiquei até 2 horas da manha lendo terminado de ler esse livro você acredita? hahahaha
    o livro é fofo demais mesmo! a Marina tem uma escrita fantástica, que conseguiu me envolver logo nas primeiras páginas...
    amei o livro, e já estou com saudades da Ana e do Alex :'(

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu também não consegui largar, Rayme!
      A autora é mesmo boa e adorei os protagonistas e os secundários, que são incríveis como apoio.

      Excluir

Obrigada pela visita!

Sinta-se em casa e se gostar do post, não esqueça de comentar.

Beijos!

Último vídeo

Assista também: