Livros

[Resenha] Os Adoráveis

21:44



Sinopse: Jeane é blogueira. Seu blog, o Adorkable, é um blog de estilo de vida — na verdade, o estilo de vida dela — e já ganhou até prêmios na categoria “;Melhor Blog sobre Estilo de Vida”; pelo The Guardian e um Bloggie Award. Adora balas Haribo, moda (a que ela cria, comprando em brechós) e colorir (ou descolorir totalmente) os cabelos... Cheia de personalidade e meio volúvel, ainda assim Jeane é bacana — mesmo nos momentos em que se transforma numa insuportável... Mas, certamente, ela não olharia duas vezes para Michael. Porque Michael é o oposto de Jeane. Ele é o tipo de cara que namoraria a garota mais bonita da escola. E compra suas roupas na Hollister, na Jack Wills e na Abercrombie. Além disso, diferente de Jeane, que é autossuficiente, Michael é completamente dependente do pai, o Clínico Geral que condena açúcar, e ainda permite que sua mãe compre suas roupas! (Embora, para Jeane, o pior mesmo sobre Michael é que ele baixa música da internet e nunca paga por isso.)  Jeane e Michael têm pouco em comum, além de algumas aulas e uma maçante dupla de “;ex”; — Scarlett e Barney. Mas, apesar disso, eles não conseguem se desgrudar desde que ficaram pela primeira vez.

A primeira coisa que posso falar sobre “Os adoráveis” é que esse livro é sensacional. Repleto de humor de primeira qualidade, romance e blogs (A gente ama!), o enredo nos guia pelo mundo de Jeane, uma garota fora do comum que prega a filosofia Dork de ser, onde o diferente é normal. 

Jeane é o tipo de personagem que nos encanta desde as primeiras páginas. Cabelos coloridos, roupas que não combinam, maníaca por tecnologia, viciada em balas de goma, bagunceira (Ela mora sozinha, então...) e extremamente mandona, Jeane é um pouquinho de cada um de nós. Inteligente e decidida, nossa heroína é fora do comum, uma geek que não se encaixa na escola e que poderia muito bem,  ser um personagem de Glee.

O oposto de Jeane é Michael. O garoto certinho, estudioso, esportista, que usa roupas da moda e de marcas famosas, dependente dos pais, lindo e popular. É claro que o romance entre Jeane e Michael só poderia ser um prato cheio de risadas e momentos inesperados.
A narrativa é feita do ponto de vista dos dois personagens e ao mesmo tempo em que discordam e discutem, a química entre os eles é tão forte e o romance entre os dois tão fofo que nos prende e nos faz torcer sem ter um favorito, suspirar com momentos românticos e ficar muito, mas muito irritados com a teimosia dos dois.

Mas esse não é mais um livro que fala apenas de romance entre dois adolescentes. Se você gosta de livros com um “algo a mais”, do tipo que nos instiga e nos faz pensar sobre algo, esse é o livro. A autora aborda a geração Y do ponto de vista de Jeane de uma forma fascinante e original. Fiquei encantada com a forma com a qual a autora analisou toda uma geração e abordou o assunto de forma direta sem ser maçante. Sem dúvidas o contexto em que a autora inseriu a geração, a abordagem em relação a blogs e a cultura dessa geração foram o toque mágico do livro.

“Os adoráveis” é um livro simplesmente genial que nos passa diversas emoções. São risos, lágrimas, suspiros e principalmente inspiração. Sarra Manning me conquistou com seus personagens fortes e sua narrativa deliciosa. Não vejo a hora de ter outro livro da autora em mãos.




Título: Os Adoráveis
Autora: Sarra Manning
Editora: Novo Conceito
Páginas: 384

Você pode gostar disso

2 comentários

  1. estou bem curiosa para ler este livro e admito, só porque a personagem é blogueira e não combina roupas (minha cara) hahaha
    parece ser um livro bem humorado mesmo *-*
    quero ler :D:D

    ResponderExcluir
  2. Oie :)

    Eu achava que esse livro seria daquele tipo que eu nunca teria vontade de ler, me enganei feio porque depois de tantas resenhas positivas sobre ele, estou doido para ler, beijos !!

    http://euvivolendo.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir

Obrigada pela visita!

Sinta-se em casa e se gostar do post, não esqueça de comentar.

Beijos!

Último vídeo

Assista também: