Livros

Niki leu: Entre o Agora e o Nunca

04:45

Sinopse: Camryn Bennett é uma jovem de 20 anos que desistiu do amor desde que Ian, seu namorado, morreu num acidente de carro há um ano. Sua melhor amiga, Natalie, é a única capaz de animá-la. Mas a relação entre as duas fica abalada quando o namorado de Nat revela à Camryn que está apaixonado por ela. Perdida, sem saber o que fazer, Camryn vai para a rodoviária e pega o primeiro ônibus interestadual, sem se importar com o destino. Com uma carteira, um celular e uma pequena bolsa com alguns itens indispensáveis, Camryn embarca para Idaho.

Mas o que ela não esperava era conhecer Andrew Parrish, um jovem sedutor e misterioso, a caminho para visitar o pai, que está morrendo de câncer. Andrew se aproxima da companheira de viagem, primeiro para protegê-la, mas logo uma conexão irresistível se forma entre os dois. Camryn tenta lutar contra o sentimento, já que jurou nunca mais se apaixonar desde a morte de Ian. Andrew também tenta resistir, motivado pelos próprios segredos.


Narrado em capítulos que alternam as vozes de Andrew e Camryn, "Entre o Agora e o Nunca" é uma história de amor e sexo, na qual os personagens testam seus limites, exploram seus desejos e buscam o caminho que os levará à felicidade.




Ok, 10 minutos para o meu coração voltar a bater normalmente após ler esse livro.

Sabe quando você lê uma história e tem a sensação de que assistiu uma série completa? Quando há tanta história e sentimentos que você sente que muito tempo se passou no decorrer do livro? “Entre o Agora e o Nunca” me passou isso.

A capa me atraiu, a sinopse não. Mas por uma promoção impulso , acabei levando-o. Depois de mais de uma semana comecei a ler, tenho que admitir que não me prendeu muito no início, mas queria acabar de uma vez. Cinquenta páginas depois, eu já estava completamente presa.

Ele segue essa tendência New Adults de “mocinha séria, porém problemática, com um passado misterioso + Bad boy tatuado meio psicótico-obsessivo”, mas tem um quê a mais do que a maioria desses livros do gênero, que parecem preencher cada vez mais as prateleiras (não que eu esteja reclamando, adoro esses livros!). Talvéz seja a sensibilidade ou a sutileza, mas havia algo que me tocou profundamente.

Cam é uma protagonista legal, apesar de fechada para o amor, ela é receptiva à mudanças e tem uma coragem rara, sem aquelas frescurices sentimentais (só frescurices alimentares!) ou comportamentos pré-adolescentes. Depois de todos os problemas de sua vida, ou até antes disso, ela simplesmente não consegue se sentir viva. Até que aparece Andrew, o esteriótipo de problema e, em um impulso louco, resolvem continuar suas jornadas juntos.

O que eu pensei que seria só uma volta de carro pelos Estados Unidos, com algumas aventuras íntimas, “um romance hot para se divertir à tarde” se transformou em uma busca e encontro de duas almas que sempre se pertenceram. Demorou para que ambos aceitassem que aquilo poderia ser o ideal, que os dois eram prefeitos um para o outro. Mas então, quando aconteceu, devo dizer que adorei a reação da Cam, que lutou pelo que queria e se entregou , sem receios ou inseguranças.

E então, quando tudo está acertado, acontece o que faz esse livro ser tão marcante. É a partir desse ponto que entendemos melhor o que está acontecendo e, como a Cam, nos entregamos sem reservas.

A narrativa é viciante, com seus pontos de vista alternados. Amo ler a visão do homem sobre a história e o Andrew é tão engraçado, fofo e sem pudores que eu esperava para ler a reação dele sobre o que acontecia.

Emfim, “Entre o Agora e o Nunca” é um livro completo, que não te deixa pensando “Poderia ter sido melhor se...”, é incrível com toda a sua simplicidade e realismo emocional e com certeza entrou para a minha prateleira dos favoritos.



Título: Entre o Agora e o Nunca
Autor: J. A. Redmerski
Editora: Suma de Letras

Páginas: 368

Você pode gostar disso

2 comentários

  1. Bah, esse eu tava doida pra ler...agora to morrendo! kkkk

    *.*

    Fim de semana que vem ele não me escapa!

    ResponderExcluir
  2. Eu gostei da leitura, acho apenas que a autora forçou um pouco os acontecimentos do final. Também queria que ela tivesse explorado mais o lado da road trip dos personagens, mas fora isso, foi uma boa leitura.

    ResponderExcluir

Obrigada pela visita!

Sinta-se em casa e se gostar do post, não esqueça de comentar.

Beijos!

Último vídeo

Assista também: