Livros

Stephanie leu: A Culpa é das Estrelas

23:18


Sinopse: Em A Culpa é das Estrelas, Hazel é uma paciente terminal de 16 anos que tem câncer desde os 13. Ainda que, por um milagre da medicina, seu tumor tenha encolhido bastante — o que lhe dá a promessa de viver mais alguns anos —, o último capítulo de sua história foi escrito no momento do diagnóstico. Mas em todo bom enredo há uma reviravolta, e a de Hazel se chama Augustus Waters, um garoto bonito que certo dia aparece no Grupo de Apoio a Crianças com Câncer. Juntos, os dois vão preencher o pequeno infinito das páginas em branco de suas vidas.

 



Vamos começar deixando claro que esse livro entrou para a "Coluna dos Favoritos" da minha estante. E não é pelo câncer. Hazel e Augustus teriam odiado se soubessem que alguém amou "seu livro" pelo câncer. Eu me apaixonei pela alma do livro. E o caso é que corpos desenvolvem câncer, almas não. 

Hazel é uma adolescente cujo câncer impede que seus pulmões funcionem bem como deveriam. Augustus é um jovem que teve uma das pernas amputada por causa de um câncer. Ele está saudável no momento. Ela é uma paciente terminal. E tudo faz com que a gente enxergue a palavra "câncer" em um grande letreiro em neon antes mesmo de lermos o livro. E quando lemos o livro, o câncer continua lá, em cada página. Mas a história não vai nos ensinar como não deixar que a doença vença o corpo, e sim, nos mostrar como dois jovens que se tornaram importantes um para o outro não deixaram que o seu efeito colateral vencesse suas almas. Presenciamos duas personalidades incríveis que não perdem o humor, a força, a determinação e a capacidade de amar mesmo diante de uma realidade tão obscura. 

O livro é dotado de humor negro, filosofia  e sentimentos verdadeiros. O que está em jogo é simplesmente o lugar onde a vida lhe coloca e pra qual direção você segue partindo dali, todas elas, dando no mesmo fim. A ideia é "o que você vai fazer antes de chegar ao fim?". O humor negro está presente pra não deixar que a gente se depare com mais um "Menino do Pijama Listrado". A filosofia não leva ao otimismo e nem ao pessimismo, mas ao significado de viver e à importância do "agora". Os sentimentos verdadeiros vêm pra emocionar e pra fazer se apaixonarem aqueles que não se atraem o suficiente pela pura reflexão. 

Eu não prometo que você encontrará algum milagre escondido nas entrelinhas dessa obra. Mas acredito que, ao invés de perguntar-se "o que eu faria?" você se perguntará "o que eu estou fazendo?". 







Título: A Culpa é das Estrelas
Autor: John Green
Editora: Intrínseca
Páginas: 283

Você pode gostar disso

1 comentários

  1. ACEDE é tão lindo. Nossa, me emociono só de ler resenhas e pensar no livro novamente.

    Beijinhos,
    Thais Priscilla
    http://thaypriscilla.blogspot.com

    ResponderExcluir

Obrigada pela visita!

Sinta-se em casa e se gostar do post, não esqueça de comentar.

Beijos!

Último vídeo

Assista também: