Livros

Stephanie leu: O Substituto

21:23

Sinopse: Mackie não é um de nós. Ele vive na pequena cidade de Gentry, mas vem de um mundo de túneis e águas escuras e lamacentas, um mundo de garotas-cadáver governado por uma pequena princesa tatuada.

Ele é um Substituto — deixado no berço de um bebê humano há dezesseis anos. Agora, devido a uma alergia fatal a ferro, sangue e solo consagrado, Mackie está morrendo aos poucos no mundo dos homens.

Mackie daria qualquer coisa para viver entre nós. Tudo o que ele deseja é tocar baixo e descobrir mais sobre uma garota estranhamente fascinante chamada Tate. Mas quando a irmãzinha de Tate desaparece, Mackie é irreversivelmente arrastado para o submundo de Gentry, conhecido como Caos.









Sabe quando uma sinopse e uma capa lhe deixam com a impressão de que a leitura lhe despertará o medo? Bem, "O Substituto" funciona dessa forma. Mas diferente da maioria das vezes, a ideia é infundada. Esse livro decididamente não causa medo. E também não é nem um pouco cansativo. Acho até que ele desperte... simpatia. 

Mackie é um garoto de 16 anos um pouco diferente dos outros garotos - isso sem considerar que ele não seja um ser vivo comum, é claro - e isso faz dele uma pessoa adorável. A não ser que você pense que garotos do tipo "esquisito" não sejam adoráveis. 

Bem, ele é um substituto, o que quer dizer que alguém o colocou no berço de outra criança, levando esta embora. A população de Gentry sabe que isso ocorre e também sabe o motivo. Mas ninguém nunca diz nada sobre o assunto. A família de Mackie sabe o que ele é, mas além de amá-lo, eles tentam protegê-lo como podem para que as outras pessoas não saibam do seu segredo. O problema é que isso está se tornando cada vez mais difícil e Mackie fica cada vez mais doente desde que a irmã de uma garota cheia de personalidade chamada Tate "vem a falecer". Em um certo momento descobrimos que nem tudo está perdido e a cura para seu problema existe. Mas, é claro... existe também um preço. 

A história partindo daí é tão cheia de acontecimentos interessantes, que sinto vontade de revelar absolutamente tudo! Porém, acredito que dando continuidade a isso eu decididamente acabaria com toda a graça. Então, tudo o que posso expressar agora é minha opinião sobre a atmosfera ao longo das páginas e sobre o desfecho disso tudo. 

Senti que "O Substituto" foi como um dos livros infantojuvenis da série Goosebumps, só que melhor elaborado. Tudo muito sombrio, macabro, assombroso e até mesmo nojento. Mas nada de meter medo. Ou seja, absolutamente divertido, mesmo que ao longo das páginas o céu se torne metaforicamente mais escuro. Quanto ao final, serei sincera: Vai depender muito do seu ponto de vista gostar ou não. Não procure se surpreender, apenas se divertir. 








Título: O Substituto
Autora: Brenna Yovanoff
Editora: Bertrand
Páginas: 333



Você pode gostar disso

7 comentários

  1. pela capa e pela sinopse parece ser super assustador sim Oo
    fiquei com vontade de ler ;~~

    ResponderExcluir
  2. Que capa linda!! Ele parece assustador. Quero saber qual é esse problema ^^

    ResponderExcluir
  3. (fazendo beiço)
    Eu esperava que o livro fosse assustador =/
    Agora estou em crise e não sei mais se leio.

    ResponderExcluir
  4. Parece ser bem assustador
    Mas não gosto muito desse genero

    Beijos
    @pocketlibro
    http://www.pocketlibro.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  5. Não tinha me interessado muito pela sinopse, mas pela resenha parece interessante, sem contar que a capa é mesmo incrível.

    ResponderExcluir
  6. A capa é irônica, acho que representou bem o conteúdo do livro (que é interessante, sim). E sou desses que curte finais diferentes e leituras descompromissadas (apesar de ter 333 páginas). Enfim.

    @enriquecoimbra (Enrique-Sem-H), da Terra do Nunca.
    www.discipulosdepeterpan.com.br

    ResponderExcluir

Obrigada pela visita!

Sinta-se em casa e se gostar do post, não esqueça de comentar.

Beijos!

Último vídeo

Assista também: