Livros

Eu li: Feita de Fumaça e Osso

23:29

Sinopse: Pelos quatro cantos da Terra, marcas de mãos negras aparecem nas portas das casas, gravadas a fogo por seres alados que surgem de uma fenda no céu. Em uma loja sombria e empoeirada, o estoque de dentes de um demônio está perigosamente baixo. E, nas tumultuadas ruas de Praga, uma jovem estudante de arte está prestes a se envolver em uma guerra de outro mundo. O nome dela é Karou. Seus cadernos de desenho são repletos de monstros que podem ou não ser reais; ela desaparece e ressurge do nada, despachada em enigmáticas missões; fala diversas línguas, nem todas humanas, e seu cabelo azul nasce exatamente dessa cor. Quem ela é de verdade? A pergunta a persegue, e o caminho até a resposta começa no olhar abrasador de um completo estranho. Um romance moderno e arrebatador, em que batalhas épicas e um amor proibido unem-se na esperança de um mundo refeito.


Aviso prévio, essa é a resenha mais tensa que já tive que escrever. Nunca pensei em viver um caso tão grande de amor e ódio com um livro. Nas primeiras páginas, simplesmente não consegui largar o livro, fiquei completamente encantada com Karou e seu universo. Mas por algum motivo bizarro a autora resolveu que mudar o estilo da história tornando o livro maçante e digno de abandono. Parece que li dois livros em um.
Karou é o tipo de personagem que nos conquista instantaneamente. Ela é esperta, corajosa, divertida e é uma delícia acompanhar seu dia a dia. Karou não sabe de onde veio, ou quem é. Seu mundo gira em torno das aulas de arte e a loja de Brimstone, o demônio que a criou desde bebê.
Na primeira parte do livro vamos acompanhar Karou por lugares inusitados em Praga, becos sombrios e missões em outros países. A autora nos hipnotiza com as aventuras da garota de cabelos azuis. São momentos de ação e humor que conquistam o leitor a cada página.
Então vem a segunda parte. A história toma um rumo surpreendente, mas que talvez não tenha sido colocado da melhor forma possível. Não se pode negar a criatividade da autora e o quão fantástico e surpreendente é o universo criado por ela. Mas a segunda parte do livro é praticamente uma nova história ligada a primeira, quase o começo de um segundo livro, e foi aí que a autora pecou. O livro não chega a um clímax. A história começa, tem um meio e na hora em que deveria ter um grande final, a história começa novamente.
Não imagino uma continuação para esse livro. As brechas que ficaram são tão insignificantes que não despertam a curiosidade do leitor. Esse não é um livro de todo ruim, é apenas decepcionante. Tem um começo maravilhoso e um final morno que desanima a leitura.
Talvez uma parte do problema tenha sido a vontade que estava de ler esse livro, minha ansiedade e empolgação com a história que não se contentaram. Enfim, outros leitores podem ter uma opinião diferente, mas eu não recomendarei.



Título: Feita de Fumaça e osso
Autora: Laini Taylor
Editora: Intrínseca
Páginas: 382

Você pode gostar disso

3 comentários

  1. parece ser um livro bom, mas estranho
    me admirei com sua nota, acho que nunca tinha visto no blog uma nota tão baixa ;x
    estava com muita vontade de ler este livro, mas confesso que depois da sua resenha fiquei com um pé atras :S

    ResponderExcluir
  2. Nossa quando vi o lançamento dessew livro ficquei animada, mas sua resenha me deixou mais atenta..rsrs
    Vou procurar mais informações antes de comprá-lo.

    Mas a capa é linda não?!! rss

    Abraços
    gabi lopes
    sonhosaventuras.blogspot.com

    ResponderExcluir
  3. De fato, esse livro logo me empolgou pela capa e sinopse, não imaginei que seria tão decepcionante... Não curto muito essas quebradas de fluxo.
    Vou dar mais uma pesquisada antes de ler para ver se vale a pena :)

    ResponderExcluir

Obrigada pela visita!

Sinta-se em casa e se gostar do post, não esqueça de comentar.

Beijos!

Último vídeo

Assista também: