Livros

Para Ler: Eu sou o número quatro

14:38


Sinpse: Nove de nós vieram para cá. Somos parecidos com vocês. Falamos como vocês. Vivemos entre vocês. Mas não somos vocês. Conseguimos fazer coisas que vocês apenas sonham fazer. Temos poderes que vocês apenas sonham ter. Somos mais fortes e mais rápidos do que qualquer coisa que já viram. Somos os super-heróis que vocês idolatram nos filmes e nos quadrinhos - porém, somos reais. Nosso plano era crescer, treinar, ser mais poderosos e nos tornar apenas um, e então combatê-los. Mas eles nos encontraram antes. E começaram a nos caçar. Agora, todos nós estamos fugindo. Vivemos nas sombras, em lugares onde nunca seremos procurados, tentando não ser notados. Vivemos entre vocês sem que vocês saibam. Mas eles sabem.

Ficção cientifica, ETs, confesso que não estava muito empolgada com “Eu sou o numero quatro”. Mas logo no ínicio fiquei presa as páginas de uma das ficções mais incríveis do ano.  

O livro foi escrito por Pittacus Lore, um ancião Lorieno, a quem foi confiada a história dos 9 jovens que vieram esconder-se na terra. Eles estão protegidos por uma magia Loriena,  que faz com que só possam ser mortos em ordem exata. A cada morte, uma marca circular surge no tornozelo dos outros Lorienos, e assim eles sabem quem será o próximo a morrer. 

“Nove de nós escaparam... O número um foi morto da Malásia. O número dois foi assassinado na Inglaterra. O número três foi perseguido e capturado no Quênia. Antes de ir atrás dos outros, eles viram atrás de mim... eu sou o número quatro.”

E é assim que conhecemos John Smith e seu protetor Henri. Após a morte do número três, os dois fogem para Paradise, Ohio, onde iniciaram uma nova vida, com novas identidades, tentando passar despercebidos para não chamar atenção dos Mogadorianos, assassinos cruéis que estão caçando os Lorienos.

Gostei de ver a “adaptação” de John e Henri a uma nova cidade, as precauções tomadas para se esconderem, as limitações (nada de chamar atenção, nada de ser popular, nada de encrencas), o treinamento de John, e outras coisas que só um ET pode fazer, dividindo espaço com a vida de um adolescente normal. John é um ET, mas também é um garoto de 16 anos que quer ter uma vida comum, como a de qualquer garoto de 16 anos. 

John faz amigos na nova escola em Paradise. Sam, um garoto que adora histórias sobre extraterrestres, e Sarah, a menina bonita e gentil. Ambos os personagens me agradaram. Sam é engraçado, com sua mania de perseguição. Sarah foge do estereótipo garota linda e popular, ela é mais “na dela”, não sendo uma personagem chata. Ah, ainda tem o meu favorito Bernie Kosar, que eu não vou contar quem é. (Suspense!)

O livro é narrado em primeira pessoa, do ponto de vista de John. O enredo prende o leitor e é bem amarrado, tão bem amarrado que toda vez que eu achava um furo e pensava “Ahã, mas não era assim?”, logo vinha uma explicação. 

Destaque: Adorei um diálogo entre San e Henri, onde eles comentam sobre grandes acontecimentos, que “nos bastidores” não passam de intervenção extraterrestre. Eu sabia que as pirâmides do Egito eram obra de outros mundos, eu sempre soube (Momento blogueira lunática).

Gostei muito do livro e estou louca pela continuação. Aliás, vou assistir o filme e depois conto o que achei! Hehe

Nota 5!

Eu sou o número quatro – Pittacus Lore
Intrínseca – 350 páginas


Ps.: O sistema de notas mudou. Agora é de 0 a 5. Sendo 0 a pior nota e 5 a melhor nota. Isso foi alterado a pedidos, já que o pessoal está acostumado com a cotação por estrelinhas que vai de 0 a 5.  


Você pode gostar disso

6 comentários

  1. Oi oi!

    Muito boa a resenha! Há tempos quero ler este livro mas estou atolada de livros pra ler! ^^

    Beijos! ^^

    www.livroseatitudes.blogspot.com

    ResponderExcluir
  2. John é um ET ASHAUS coitado, mas é verdade. Eu gostei tanto desse livro, é tão bom <3 Adorei sua resenha, ficou muito bacana. Eu ainda nem assisti o filme também, ain ain UAHSAU

    Beijos, Vanessa.
    This Adorable Thing

    ResponderExcluir
  3. apenas gostei do livro, achei alguns momentos muito parados! enfim, quero saber se o segundo vai ser melhor.

    J.
    -The Eater of Books

    ResponderExcluir
  4. Ainda não me senti com vontade de comprar esse livro. Hum... talvez eu esteja perdendo uma história boa. Igual eu fiquei com Jogo Vorazes, que demorei para comprar e depois adorei kkk

    ResponderExcluir
  5. Eu acabei assistindo o filme antes de ler o livro, e adorei o filme por isso com mais vontade de ler o livro :)) Obrigada pela resenha, beeijos!

    ResponderExcluir
  6. Ale, desde o lançamento estou com o livro aqui pra ler, mas acabo passando outros na frente.Estou tentada a ver o filme, mas quero ler o livro antes disso...

    ResponderExcluir

Obrigada pela visita!

Sinta-se em casa e se gostar do post, não esqueça de comentar.

Beijos!

Último vídeo

Assista também: