Livros

Razão e Sensibilidade

18:42

Sinopse:  Razão e sensibilidade (1811) é a história de duas irmãs — Elinor e Marianne, respectivamente a “racional” e a “sensível” —, as quais, em razão do falecimento do pai, têm de se adaptar a um estilo de vida mais modesto, em meio a uma sociedade inteiramente dirigida pelo status social.

Este é o segundo livro de Jane Austen que leio. O primeiro foi Orgulho e Preconceito, meu favorito, que estou guardando os comentários para o último post do Mês Austen.

Nele conhecemos a família Dashwood, o pai morre logo no início da história, ficando os filhos John, Margareth, Marianne e Elinor, além da Sra. Dashwood. Como os bens da família vão para o nome do filho John, a Sra. Dashwood e as filhas acabam ficando sem muitas condições financeiras.

A obra foca Elinor e Marianne. Elinor é a Razão, centrada, inteligente, preocupada com a família. Já Marianne é a Sensibilidade, impulsiva e às vezes até imatura. Ambas estão apaixonadas, e claro, passaram por diversas situações para alcançar seus amados.

Mais uma vez vejo a importância do casamento, o desejo das mães de verem suas filhas bem casadas enquanto ainda são jovens. Elinor tem 19 anos e Marianne 17.

Marianne conhece Willoughby, um jovem bonitão e logo cai de amores por ele. Sendo correspondida, começa a duvida, Marianne vai ou não se casar com Willoughby? Ainda temos o Coronel Brandon, senhor distinto, sono de uma fortuna e também apaixonado por Marianne, que o rejeita por causa da idade. Elinor se considera prometida a Edward Ferrars.

Seria óbvio, mas Jane Austen criou uma trama de intrigas mudando o destino das irmãs Dashwood. Em diversos momentos me vi ansiosa para descobrir o que aconteceria com Marianne, ela iria ou não se casar? E Elinor? Sempre disposta a cuidar dos outros, mas cuidaria de si mesma?

Razão e Sensibilidade me surpreendeu bastante. Primeiro por que eu estava esperando algo mais parecido com Orgulho e Preconceito, uma mocinha corajosa e inteligente, e uma grande história de amor. Mas o que encontrei foram duas mocinhas, extremamente opostas, e duas histórias de amor cheias de desventuras e esperanças.

Razão e Sensibilidade foi publicado em 27 de outubro de 1811. A quase 200 anos!

Este é mais um post para o Mês Austen, organizado pela Karlinha do Coffie & Movies.

Você pode gostar disso

5 comentários

  1. Nossa Deus!

    Toda vez que leio um post sobre o Mês Austen, fico radiante.
    Para mim é uma honra poder contar com tantas blogueiras e blogs que gostaram da iniciativa e estão participando.
    Razão e Sensibilidade também é meu livro favorito da autora sabe?
    Jane austen era e é maravilhosa!

    Acho que o diferencial nessa história em questão é a temática toda.

    Amei mesmo o post! Parabéns.
    Razão e Sensibilidade dessa versão foi traduzido por uma grande colega: A presidente do Jasbra : Adriana sales Zardini que é uma querida.

    Bjokas e amei mesmo.

    Desculpa a demora em comentar é que eu estou viajando daí já viu né?

    Bjokas!!!!

    ResponderExcluir
  2. eita, ainda nem li esse livro.
    só li orgulho & preconceito, mas adorei.
    o filme também é muito bom mesmo.

    enfim, gosto de tudo relacionado a jane.

    J.
    -theeaterofbooks.blogspot.com

    PS: quer fazer parceria?

    ResponderExcluir
  3. Olá!

    Acredita que nunca li nada da Jane Austen! Pelo menos não que me lembre e sempre leio ótimas resenhas falando dos livros dela. Logo preciso ler Orgulho e Preconceito!

    :)
    @nine_stecanella
    http://janinestecanella.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  4. Adoro este livro, ou melhor, amo! Amo como todos os livros de Jane Austen! =0)
    Para mim, JA é a melhor escritora de todos os tempos! Imbatível e incomparável!
    Bjo.

    ResponderExcluir
  5. Ahhh
    eu já li ReS mas foi uma versão 'adaptada' e sou louca pra ler essa versão bilingue...
    Adoro o filme e a historia do livro!
    Mas apesar dos livros da jane trazerem sempre essa mesma tematica (familia/casamentos) ela soube escrever sempre de forma inovadora né...
    bjss

    ResponderExcluir

Obrigada pela visita!

Sinta-se em casa e se gostar do post, não esqueça de comentar.

Beijos!

Último vídeo

Assista também: